.

29 de abril de 2016

REENCONTRO!




REENCONTRO!

Do ontem... Da densa bruma do ontem...
Do longínquo ontem evolucional
Você surgiu como um porto seguro
Onde posso ancorar minha nau.


Veio sorrindo, um sorriso enigmático,
Como se antevisse o futuro a se desdobrar
Pressentisse o que iria acontecer,
Ao perceber que esse amor iria retornar.


Como fênix, das cinzas a renascer...
Uma troca de olhar, um sorriso e nada mais...
Nada mais foi necessário para te reconhecer,
Para, de todo o amor de ontem, recordar!


Meu coração está feliz!
Minha alma está trêmula de emoção!
Como agradeço a Deus esse presente...
A luz do teu amor, no caminho da evolução!
*FatinhaMussato*