.

8 de julho de 2015

ESQUECESTE-ME..



ESQUECESTE-ME..

Tu despertaste em mim paixões adormecidas...
Ao estar contigo sentia um mundo de cores diferentes...
Perfumado...
Ardente...
Ditoso...

Ah! meu amor os dias eram tão poucos para vivê-los intensamente
Contigo...
As noites tão curtas para aquecer-nos deste frio ...
Amei-te nos dias nas noites...
Cantava em versos a força desta paixão que tomava os sentidos e
Fazia-me voltar a ser uma menina... Apaixonada e doce...

Os dias nasciam entre meus lábios e o teu beijo...
Exalei juras a tranquilidade de um rio calmo... Negro...
Voz dócil de torrente ascendendo
Cantante
Alegre...
Em ti conheci as passagens formosas da exultação
E aprisionei no silencio nossas verdades

E assim atravessamos oceanos azuis...
E te pintei numa tela e te guardei nas lembranças

Depois...
Vi o amor em queixas na busca da ausência...
Esqueceste-me...
Silenciosamente voam meus sentires
É madrugada e o orvalho molha a vidraça onde espero
O teu regresso...

celina vasques