.

2 de março de 2015

MARIA




MARIA

Sou Maria, que no campo desponta
Nas lavouras e no coração.
Sou um ser transparente
Sou meiga, e vivo nas suas ilusões...

Sou Maria, vivo de amor
Sou a cura, dos Remédios, sol Clara,
Mãe de toda a criação... fortaleço a união,
Maria dos sonhos, bendita entre os nomes
Ainda, sou das lágrimas sentidas
Onde vou estar, vou viver
Sou plena de amor, tiro a amargura
Escondida no teu coração.

Maria, que se busca,
Vista nas cidades, campos, plantações
Alma cigana, branca, africana,
Maria dos prantos e dos milagres,
Sou o grito, dentro do grito ...

Maria, das Dores, dos Anjos, Clamores,
Sou o milagre da peregrinação.
Maria das luzes, cenários, construções
Mãe e pai do pequeno órfão.
Ainda Maria, sou da Paz, Misericórdia.
Confraternização....Maria, Maria, tantas.

Maria do amor e da celebração,
Aparecida, apareceu, Margarida
Uma flor, em tantas plantações.

Betânia Uchôa