.

16 de janeiro de 2015

RAIZ



RAIZ

Nunca te vi!...Mas sinto-te
Com muita intensidade
Estás em mim e eu em ti
Temos intimidade!
Há um elo que nos une
Nos prende
Uma raiz comum
Uma afinidade
Algo inexplicável
Uma necessidade!
O mundo não compreende
Nem tem explicação
Um sentimento sublime
Um amor
Um sonho…Uma ilusão…
Seja lá o que for
É gracioso!
Não se compra nem se vende
É simplesmente doação
Nem é pecado, nem crime
Mas sim libertação
Nunca te vi! Mas sinto-te!
Moras no meu coração


Conceição Carraça