.

12 de novembro de 2014

Um desejo que nos une...





Um desejo que nos une...

Atraídos pelo pensamento
Um do outro....Surpreendentemente
deixaram-se levar
por ondas oceânicas. 
Feito navios atracados 
em portos extremos... 
não se falam, 
não se olham 
não se tocam 
Só se sentem... 
Ah! amor clandestino... 

Su Simon

[....]

Sonhei com um lugar
somente nosso,
onde vivessemos
olhos nos olhos
os silencios
dos nossos pensamentos.

Uma distância que nos separa,
uma vontade que nos aproxima,
um desejo que nos une!

Cada dia que passa
existe ansiedade neste viver
em que sabes
que o meu coração é teu.

E junto de ti
apenas desejo,
que o meu sorriso final
seja em teu braços ficar!

José Manuel Brazão