.

23 de novembro de 2014

Saudades de mim





Saudades de mim

Se retomar a vida fosse fácil
Eu teria desistido de partir
Teria retornado pela mesma estrada
Que me levou de onde jamais pude sair.

Já teria refeito planos
Reconstruído meus navios
Colado cacos e estilhaços
Tudo estaria resolvido.

Se retomar a vida fosse fácil
Eu já teria feito meu próprio mosaico
Apenas com dias de paz,
Teria dado meia volta e voltado para trás.

Já teria arrumado a casa
Colocado flores na janela
Escancarado as cortinas
E polido as arandelas.

Se retomar a vida fosse fácil
Eu já teria expurgado minhas culpas
Beijado meus inimigos
Posto fim às minhas lutas.

Já teria completado o álbum de fotos
Trocado o calendário na cozinha
Arrumado o leito com esmero
E dito adeus às ladainhas.

Se retomar a vida fosse fácil
Não estaria tão desolada
Sem saída para a manhã seguinte
Ofegante e sufocada.

Trancada, insone, ensimesmada
Alma indômita em motim.
Se retomar a vida fosse fácil
Não teria tantas saudades de mim.

Carmen Bentes