.

30 de julho de 2014

Não me deixe perder-te




Não me deixe perder-te

E eu não posso esperar para te ver de novo... 
Não me deixe perder-te... Eu preciso de ti ao meu lado 
Porque eu acho que não aguento mais 
Ficar tão longe assim 

Teu amor tem um grande poder sobre a minha essência... 
Eu amei antes... Estive neste estado de paixão... 
Mas a ninguém amei como eu te amo! 

Às vezes penso que estou sonhando... 
Se realmente este 
Sentimento forte... Que arde no meu peito é amor! 

Amor que eu sempre busquei... 
Eu não posso mais esperar... Vem... 
Antes que a palidez das marés flua por 
Meus pés e mãos... Num dançar de harmônicas 
Canções de violentas ondas molhando a minha pele... 
Arrancando-me para além mar... 

Deixa-me abraçar-te e soltar
gemidos qual cantar de gaivotas... 
Essas que habitam em mim... Inquietas..., sonhadoras...
que desejam o teu corpo junto ao meu...
Num antro de loucura 

Não posso mais esperar... 
Traz-me os versos ternos de palavras 
Que só tu sabes escrever...
Não deixes que o tempo me arranque de ti!

celina vasques