.

26 de janeiro de 2014

MEU CORAÇÃO, SOU EU




MEU CORAÇÃO, SOU EU

Meu coração é feito bailarino
É uma alma solitária
Que vem se perdendo no tempo com o tempo
Palpita lentamente
Ele é inquieto
E como o vento, vagueia sem destino
Seu consolo é ser amado
Mesmo quando muitas vezes, se sente desprezado
Ele pulsa, porque ele é vida
Mas sente constantemente
O bater na porta, é a solidão
Mas ainda assim ele sorrir
É cativante, e por muitas vezes
Se sente importante
Mas está disposto a se arriscar
Ele quer sorrir de verdade
Quer retirar do seu interior
Essa dor, chamada solidão
E deixar acomodar o seu melhor amigo
O que se chama de amor
Como bailarino, ele dança
E muitas vezes se perde
Porque ele é sem limites
Ele sonha, canta poesias
Ah esse meu coração
É tão descuidado
E por se sentir tão só
Com essa danada solidão
Está sempre a procura de alguém,
E acaba amando, sem olhar a quem
Mas apesar de ser tão descuidado
Ele é super romântico e esse coração
SOU EU

Sandra Leone