.

2 de dezembro de 2013

Um brinde...



Um brinde.

A todas palavras
vindas do coração.
Brindemos aqueles que vivem
dentro e fora do padrão.
Ao silencio que fala por si
com o brilho no olhar.Brindemos
à música que jamais esquecemos.
E oremos pela paz!
Oh luz infinita a ti brindemos.
Um brinde a mais simples
forma de amar.

Um brinde...
Aos sonhos que temos
com um mundo mais bonito.
A liberdade do livre arbítrio...
A escravidão diferente que
tenho no peito...Eu brindo.
Sou escrava de minhas emoções
com todos meus direitos.
Aos meus mitos e gritos um brinde.
Aos anjos todas as mais
puras porções.

Brindemos...
A vida e seus momentos.
A quem sabe voar numa
paixão sendo ou não correspondido.
Respeitando o sim e o não.
Um brinde as fadas qual acredito...
A leveza da poesia vamos brindar!
A alma do poeta que é despido.
Um brinde a um peito
a sangrar.

“Aquele que me inspira”.
Ah este eu vivo a brindar.

Marisa Torres
© Direitos reservados.