.

19 de outubro de 2013

Encontrei-me…



Encontrei-me…

Encontrei-me numa nuvem perdida
bem escondida
num céu de deceções…
O sol deu-me a mão, 
o azul renovou a cor
a nuvem aconchegou-me
retirou-me toda a dor…
Um simples gesto no silêncio
voou com determinação
e sem hesitar
instalou-se no coração…
Canto agora baixinho
imunizada contra o mau tempo
o sol encheu-me de esperanças
as palavras fecharam-se nos dedos
e sem segredos
dançámos na perfeição
aquilo que escondemos
com medo do coração…
Na serenidade do tempo
nesta floresta de flores de prata
descobre-se o sorriso
que tanto preciso
e a alma grita
na voz da razão
deixa-me viver no teu coração …

Mariana Loureiro