.

10 de outubro de 2012

Quem sabe um dia...

Quem sabe um dia...

Sentemos em lugar qualquer.
E falemos do que vivemos e...
Possamo-nos olhar neste dia
novamente como homem e mulher.
Um dia talvez acabem as mágoas.
Fiquemos amigos e realmente
sentiremos o gosto do amor.

Quem sabe um dia...
As rosas voltem a exalar
o perfume e neste dia
veremos o sol se por.
E tomemos qualquer dia um
porre de carinho com gosto de
um bom vinho ou mesmo
de licor.

E neste dia... Quem sabe?

Tu percebas que
o que de mais bonito jogaste
como cartas e perdeste
para o infinito.
E neste dia tu te deixes
envolver na magia do viver.
Se torne mais sensível e deixa-te crer.
Que este dia qualquer...
Já não é mais só
mais um dia.

Quem sabe um dia...

-Marisa Torres-