.

11 de setembro de 2012

"O Jardineiro Real e as Papoulas Imaginárias"


"O Jardineiro Real e as Papoulas Imaginárias"

Eu não sei plantar sóis
mas sei regar as plantas
e sei ser feliz e amar
mesmo que seja egoísta esse amor.

Eu já não sei o próximo passo
deixarei ventos e tempestades
indicarem o caminho
e não temerei as quedas.

Eu não sei plantar galáxias
mas alimento sonhos
meu arado enferrujado
sulcou as terras do pensamento.

Eu já não sei o próximo passo
deixarei cascatas e oceanos
carregarem minhas velas
e contemplarei as ondas.

Eu não sei plantar tristezas
mas sacio a sede dos pássaros
com lágrimas e olhares
e no meu jardim há beija-flores.

Eu já não sei o próximo passo
deixarei a sinfonia cardíaca
pulsar vida no meu âmago
e seguirei por entre os opostos.

E a rainha cigana alucinada
plantou campos de papoulas
agora serei o jardineiro espacial
e os canteiros estão floridos novamente.

Jonas R. Sanches