.

16 de julho de 2012

O AMOR QUER PENSAR


O AMOR QUER PENSAR

O amor me pediu um tempo para pensar, segundos se tornaram uma eternidade nesses dias de solidão, outrora ofegaram minha natureza na despedida, lagrimas deságua sobre o rio do meu ser, e nas pequenas pedras desses momentos, minha mente escala montanhas transformando horas em uma temporada de inverno, e quanto mais tento chegar ao cume das melhores lembranças sou levado por uma avalanche consternada, e só agora eu sinto a minha primavera embernar em sonhos sem acordar para o pomar da vida, perdendo a essência de toda relíquia sentimental, mas ecoa a voz do meu coração ao clamar eu ainda estou vivo! Portas que se fecharam encarceraram o passado, mas janelas se abrem a cada aurora nas margens do meu interno amor, o qual se tornou imortal quando descobrir toda autenticidade, e assim serei digno de continuar escrevendo a historia desse amor incondicionalmente.

JAIR LISBOA