.

28 de julho de 2012

Insensato Coração


Insensato Coração

Aos poucos compreendi,
foi insensatez sua atitude,
o estrago causado perdura
ainda hoje pela estupidez.

Ah, pobre coração descuidado,
agiu sem refletir, foi estouvado
entrando em mar revolto,
levou-se pela ilusão, inatenção...

Ah, coração, hoje sangra de dor,
sua precipitação e timidez,
não levar a sério um grande amor
é razão, chave desse castigo.

Chora coração, chora, chora
por não mais saber sorrir,
chora pois hoje é sua sina
pela inconseqüência no agir.

Já não existe perdão, é tarde
porque o tempo passou, você
não acordou, alguém que muito
amou partiu já não volta mais.

Marta Peres