.

1 de julho de 2012

EU APENAS ME PREFIRO!


EU APENAS ME PREFIRO!

Há os que preferem amar, mas também há os que preferem o abrir mão desse sentimento, não mantendo qualquer relação com o amor; seja ele eros, fileus, storge ou até mesmo ágape. Há aqueles que preferem o dia, bem como aqueles que preferem anoite, contemplando todas as estrelas. Alguns gostam do sol, alguns outros são apaixonados pela lua; e também há aqueles que gostam apenas do arco-iris, abrindo mão de todo o céu. Em muitos momentos, há os que preferem palavras e também os que trocam as palavras pelo mais perfeito e absoluto silêncio. Alguns preferem o frio, alguns outros o calor. Há os que preferem o mar e outros que só preferem a praia, sem pensar em mais nada. Nesta vida, muitas vezes, por necessidade ou evolução, mudamos nossas opiniões, mudamos nossos gostos e procuramos o que é melhor e o que nos faz bem, mesmo que o bem para nós não tenha a mesma interpretação para o próximo. Nesta vida, por muitos anos, eu preferi você. Hoje, sinceramente, eu apenas me prefiro!

Adriano Hungaro