.

19 de junho de 2012

SIMPLESMENTE AMOR


SIMPLESMENTE AMOR

Um amor que ultrapassou
As fronteiras do real.
Envolto em mistérios,
Aguarda a benção dos céus.

Um amor que é lírico
Se perdendo no infinito.
Noites insinuantes,
Afagos escondidos.

Um amor que te dedico
Mesmo no silêncio.
Deixando meu coração
Entregue em suas mãos.

Um amor que transcende
A qualquer explicação.
Um bailar de almas
No infinito azul do cosmo.

Um amor superior
As nossas vontades e desejos.
Simplesmente existe
E não podemos negar.

Simplesmente Sys