.

12 de fevereiro de 2012

“Saudade de um Passado”

“Saudade de um Passado”

Do passado ficaram lembranças de um amor.
Hoje sinto uma estranha e imensa dor.
Queria poder beber dos teus beijos,
saciar a sede que sinto dentro desta saudade.
.
Tenho medo que o amanhã seja tarde demais.
Guardo tua fisionomia como um tesouro.
A saudade de você é tão boa que me faz reviver
a cada dia.

Nossa vida foi entrelaçada por uma fita invisível,
com esta invisibilidade vou criando e recriando
imagens que guardo como relíquia.
São momentos de loucura e paixão.

Não vivo do passado, mas ele em mim...

Assim vou pintando telas com uma aquarela
da saudade boa que sinto de ti.
Talvez sejam loucuras poéticas por não tê-lo aqui...

Maria Flor