.

10 de fevereiro de 2011

AMANDO-TE


Eu poderia escrever dias e noites,
E ainda assim,
Não seria possível,
Expor no papel,
A exatidão dos meus sentimentos;
Não é pela escassez de palavras,
Mas, pela magnitude e delicadeza,
Que fariam
Com que o sentido de meras palavras,
Se perdessem.
O teu amor é o meu bem maior,
Que a natureza me ofertou,
Como o primeiro de tantos outros,
Que recebi,
E receberei ainda.
É esta saudade que me toca,
E me leva,
Por pensamentos que se misturam,
Revelam-se e me incentivam,
A aumentar ainda mais,
A esperança de te amar,
Sem me preocupar com o futuro,
Sem ter dúvidas do passado,
E,
Sem ter medo de viver o presente.
Preocupo-me apenas em amar-te,
Lutando, para que me ames sempre,
Como o tenho amado, talvez,
Com tanta, ou mais intensidade.

-Joana Rodrigues -