.

23 de setembro de 2010

Você se foi..


Você foi
Deixou arroubo,
Transbordando o meu coração;
As palavras no ar,
Sem terminar o que começou,
Ficando saudades, imagens;
O seu perfume a sua essência,
Seus sentimentos,
Que não podem justificar
A sua ausência.

Você se foi
Mas não levou o seu amor,
As palavras lindas
Como poesias de amor
Que me faziam sonhar,
Delirar de paixão
Enchendo o meu coração
De alegria e emoção.

Não sei por que você não levou
Junto contigo tudo o que me deu,
Para que eu não sofresse, não sentisse saudades.

Por que me deixou aqui,
Com esse peso, essa dor o desejo,
De ver você de corpo e alma.

Seria justo que você levasse tudo,
E me deixasse como antes de te conhecer;
Agora eu não seria cativo desses sentimentos.

Fica aqui uma sensação de vazio de dividas,
E eu te pergunto:
Sou eu que fiquei te devendo,
Ou foi você que me deixou aqui sofrendo?

Cláudio D. Borges.