.

8 de setembro de 2010

Talvez


Talvez

Não, não tem nada a ver com dor,
é um pouco...
só um pouco de tristeza no olhar
daquelas que escorrem pelo canto do olho
sem ninguém perceber.
É um aperto leve no peito quase que sem notar
talvez seja uma saudade de não sei o que
um amor que foi sem deixar rastros ou que chegou
sem que percebesse e se instalou trazendo com
ele a intranquilidade de um novo amor
talvez seja uma inquietante busca de mim que
que se perdeu por ai
talvez...

Rosane Silveira