.

9 de agosto de 2010

METAMORFOSE


METAMORFOSE

Me fiz de aroma para perfumar tuas noites
- emanação agradável -
o perfume das flores que exala nas noites
na varanda da minha paixão!

Me fiz de felicidade e afeto ardente
Ah! o amor que cruza
a eternidade e o tempo...
verdadeiro a outra metade
essa busca constante de todos
nós mortais...

Me fiz de estrelas para iluminar tuas noites
e a escuridão da vida!
vontade louca de gritar bem alto
para o mundo ouvir o extase e euforia
a ventura eterna
- autentica explosão -
de uma alegria incontida ....

Me fiz de versos e desmanchei
em lágrimas e choro entre poemas
a perda da alma gemea tão desejada...
e tão inutilmente esperada!

Me fiz de piano e de canção
e hoje toco e canto o amor perdido
em melodias tristes que compuz pra ti!

Celina Vasques