.

27 de julho de 2010

SOMBRAS


SOMBRAS

Quando sentires saudades
e não mais me encontrares
é porque
abri as portas da minha concepção
e vi o que se passava lá fora.

Quando sentires saudades
e não mais me encontrares
é porque
vislumbrei alguém especial
que embutiu meu imaginário.

Quando sentires saudades
e não mais me encontrares
é porque
me feri nessa relação
e agora, tento me reconstituir,
juntando os pedaços.

Agora, sou apenas sombras
do fantasma que você criou.

Marlene Gomes