.

16 de julho de 2010

Sem explicações!


Sem explicações!

“Existem coisas que são ausentes de explicações!
Um primeiro olhar,
Um primeiro abraço,
Um primeiro beijo,
Uma aproximação!

Quando uma alma percebe outra alma,
Quando ela consegue sentir na plenitude,
Quando ela revela sua doçura,
O contato torna-se imediato!

Saudades,
Vontades,
Palavras,
Silêncios...

Toques,
Ousadia,
Atrevimento,
Envolvimento!

Um misto de sensações indescritíveis,
Que viaja no tempo,
Supera o espaço,
E está perto, ao lado, mesmo quando não se tocam!

Recíproco,
Cúmplice,
Inteiro!

De que servem as explicações?
A doçura não precisa de explicação,
Nem tampouco a delicadeza,
E menos ainda... O bem querer,
O Sentir...
Basta... Permitir!”

Gênice Suavi