.

6 de junho de 2010


SONIA DIAS FREITAS: O SENTIMENTO NA POESIA

Sonia Dias Freitas, conhecida como “Soninha Poetisa”, paulistana, virginiana, sempre ligada a Artes, de 47 anos, que mora em Dourados, no Mato Grosso do Sul, e que ama escrever contos, crônicas e poesias.

Soninha também adora trabalhos manuais e se considera uma mulher forte e ao mesmo tempo frágil e sensível.

Sua história com a poesia começou ainda menina, como forma de por para fora os sentimentos, pois era muito tímida. Com o tempo a timidez foi desaparecendo. E nasceu na poetisa uma mulher que só quer ser feliz.

O tema principal que Soninha Poetisa escreve é sobre os amores e desamores que a vida nos apresenta. Escreve sobre tudo que vê e que ouve, tirando as lições de vida e fazendo poemas, que surgem de dentro da alma, tirados do sentimento de um amor profundo.

No coração não tem lugar para desamor, Soninha odeia a inveja e costuma dizer que “Isso é para pessoas de mente e alma pequena”.

Soninha não admite ouvir criticas que não são construtivas.

Desta forma, tenta sempre se afastar de pessoas negativas e que não procuram uma melhora interior.

Quando escreve, adora a solidão, pois costuma sentir os poemas de uma forma que se entrega totalmente, e se tiver vontade de chorar, ela chora e sofre com cada personagem que escreve: “Se ele sofre, sofro também”.

“O coração sem amor é frio, sem luz, sem vida. Não sou pura e muito menos ingênua. Sou mulher com todos os defeitos e acertos como qualquer ser humano. Minha maior qualidade é sempre querer o bem de todos".

O vídeo com a poetisa pode ser acessado no Youtube (Concurso de Poesias). Link:

http://br.youtube.com/watch?v=86PRONRJ_jw

A poetisa tem poesias no livro Delicatta III , poesias, contos, crônicas. Coordenado por Luiza Beatriz Moreira lançado este ano em agosto na bienal de São Paulo - Editora Scortecci.

Participou da Bienal Internacional do livro em 17-08-2008 como Autora e poetisa, Sempre movida pela paixão da Literatura e da Arte.

Outros links em que os amigos podem apreciar o trabalho de Sonia Dias Freitas:

http://www.rondoniaovivo.com/2008/SELMO VASCONCELOS

Minhas Poesias- http://recantodasletras.uol.com.br/autores/soniadias

http://soninhapoetisa.blogspot.com/

http://www.soninhapoetisa.com/

PALAVRAS DIFÍCEIS NA MÃO DO POETA

Palavras difíceis na mão do poeta viram um tesouro...
Ele cria e busca opções em cima da letra escolhida...
Pode usar de simplicidade nas palavras...
Pode até mesmo criar seu poema com difícil tradução...
Nos meus versos procuro escrever palavras de fácil entendimento...

O legal disso tudo... E ter a chance de conhecer o novo...
Mas nunca se esquecendo da simplicidade...
Escrevemos muitas vezes para alguém!
Aquele que está apenas começando a aprender e gostar de versos.
Mostramos os nossos conhecimentos nas palavras...

Alinhar as palavras as rimas...
Eu procuro não rimar...
Prefiro brincar com as palavras...
E dizer o que todos pensam...
Quando estão sozinhos lendo...

Não ficam procurando o de mais difícil entendimento...
Eu gosto de ser simples no que faço...
Mas amo aprender o difícil.
Mas nem todos são assim...
Ser simples também é ser inteligente.

Sônia Dias Freitas