.

22 de junho de 2010


CONCEIÇÃO BENTES: A POESIA TOMOU O LUGAR DA DOR

Conceição Bentes é paraense, bióloga, mestre em Engenharia Sanitária, Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental, residente em Natal, a bela capital potiguar.

Começou a escrever poesia há apenas dois anos, mas sempre foi amante da leitura, dos livros e da poesia.

Sua iniciação como poeta deu-se depois de uma grande perda, quando buscou canalizar a sua dor escrevendo. Enfatiza que “Foi preciso perder pra descobrir uma outra pessoa dentro de mim”.

Desenvolve sua atividade profissional junto a EMPARN (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte).

Veja abaixo um poesia de Conceição Bentes:

Palavras a um poeta

Eu te digo que um poeta
não fica sem meia resposta,
nem a embriaguês da poesia
terá sabor mais delicioso
do que a alma de quem a faz

O tempo que não entendo,
brinca nas areias da vida,
ensina, dá asas,
mas também massacra sem dó

E a paciência de quem a tem
navega em barcos perdidos
sem tempo para despedidas,
e em segundos a vida acontece,
ou a chama da alma se apaga

Conceição Bentes
12/08/09


Os poemas da poetisa podem ser encontrados no seu blog:
www.conceicaobentesfilhadosol.blogspot

e no Recanto das letras:
http://recantodasletras.uol.com.br/autores/ceicaobentes

É membro correspondente do site da Academia Brasileira de Poesia de Petrópolis (RJ).
http://www.rauldeleoni.org/correspondentes/conceicao_bentes.html