.

28 de maio de 2010

_EU ME PROÍBO_



_EU ME PROÍBO_


Eu me proíbo de aceitar coisas mais ou menos, raspas, restos, migalhas...
Eu me proíbo de ter medo, de não ter fé, de duvidar...
Eu me proíbo de ser infeliz, de viver sem esperanças, de sentir-se só...
Eu me proíbo de dizer não ao amor, de esquecer que Deus existe, de duvidar que sou capaz...
Eu me proíbo levar desaforo pra casa, de não ouvir minha intuição, de escutar criticas destrutivas...
Eu me proíbo de preocupar-se com o que pensam de mim, de usar máscaras, de incomodar-se com os invejosos...
Eu me proíbo de deixar de sonhar, de ser infeliz, de lamentar pelo que deixei de fazer...
A única coisa que não me proíbo é de viver a vida intensamente, ainda que esta minha forma de se viver, seja tão incompreensível quanto a fórmula da minha felicidade.

- Mell Glitter-
http://mellglitter.blogspot.com/