.

26 de abril de 2010


LUIZA CAETANO: UMA PINTURA DE POESIA

Luiza escreve desde que aprendeu a juntar as letras.

Pintora de reconhecida carreira internacional, Luiza Caetano começou “pintando” seus poemas, de forma oficial, mais recentemente, conferindo às palavras a descodificação das cores com a liberdade e a autenticidade que fazem da sua obra um conjunto artístico que já lhe valeram alguns prêmios, tendo sido recentemente agraciada com o 1º Prêmio de cariz internacional LUSÍADAS (POEMA CANTO A LISBOA).

Participou em jornais de Portugal, Angola e França.

Também marcou presença em várias antologias, onde se destacou obtendo o 2º Prêmio na Antologia Delicatta II e o 3º Prêmio na mesma Antologia III.

Ganhadora por várias vezes com o 1º. Prémio na Comunidade “Proibido Proibir” (ORKUT) onde foi também considerada poetisa do ano 2008.

Na recém lançada Antologia da Alma (Jane Rossi), mais uma vez esta autora teve reconhecido o seu trabalho através de uma simbólica homenagem.

Destacada em muitos blogs de referência poética, igualmente dá corpo a diversas comunidades do Orkut, sendo que suas poesias se destacam em capa em diversos profiles.

Foi uma das primeiras colunistas do Jornal o Rebate.

Publicou o seu primeiro livro "LISBOA IN VERSOS" que teve lançamento em São Paulo pela Editora AllPrint, e na Casa das Rosas onde foi homenageada pela Fundação ArteForum de Ana Garjan, igualmente lançado na Casa da Cultura LAURA ALVIM - Livraria D.Laura no Rio de Janeiro, com muito sucesso. Encontrando-se o mesmo na Bienal do Rio de Janeiro de 2009. O lançamento de seu livro no Brasil teve o destaque da TVORKUT.

Tem vários Blogs com seus poemas e pinturas:

htp://vozdeagua.arteblog.com.br

http://almahumana.ning.com/profiles/profile/show?id=LuizaCaetano209

http://revistapoeticaduplicidade.ning.com/

http://recantodasletras.uol.com.br/autores/luizacaetano

http://blogln.ning.com/profile/LuizaCaetano



"CANTO CHÃO"

Sou o chão
da tua raíz!

Não me pises
meu amor!

Sou o tronco
dos teus abraços!

Não os deixes cair
por favor!!

Sou o lenço
das tuas pétalas

não despedaçes a flor!

Sou a noite!
sou o dia!
sou um chão
de terra fria!

Sou o mel!
sou o fel!
Sou o sabor dos teus beijos

Uma rosa perdida
no jardim dos teus sentidos

Sou um gesto por definir
na baínha dos desejos.

luizacaetano