.

27 de fevereiro de 2010


ALMAS-EMOÇÕES

Quando duas almas se reconhecem,
ainda que estejam no meio da multidão,
os fios invisíveis de novo entretecem
uma trama amorosa plena de emoção.

E o novo caminho se abre entre flores,
e os passos passam a ser mais seguros,
o bálsamo da alegria cura todas as dores,
elas se apoiam mutuamente, desfazendo muros.

E o conviver se torna muito mais agradável,
e os sonhos podem ser compartilhados.
Até mesmo o coração se torna maleável,
quando de verdade estamos enamorados.

E assim de mãos dadas com as quimeras,
caminham as desveladas almas-emoções.
Invernos, verões, outonos e primaveras,
juntas partilhando das mesmas canções.

Guida Linhares