.

22 de agosto de 2016

*****



Livra-me dos teus pecados 
Do seu corpo, pedaço por pedaço 
Livra-me das tuas insanas ternuras 
Todas regadas a vinho e luxúria 

Livra-me, porque não sou Santo 
Porque sou a parte pecaminosa desse teu encanto 
Porque sou a parte mais lasciva 
de todos os teus sonhos 
Da madrugada as antemanhãs 
Apenas teus sinônimos 

Entre o sonho e as lendas 
Entre o teu corpo e minha boca 
Entre todos os teus encantos 
E os mais singelos pecados 

Livra-me de ti... antes que a ti consuma 
Pedaço por pedaço 
Gemido por Gemido 
Loucura por loucura 

*Adriano Hungaro*

6 de agosto de 2016

HÁ DIAS ASSIM *****



HÁ DIAS ASSIM

De lembranças intensas
De quereres incontroláveis
De vontades e desejos
De saudades dos beijos
Partilhados com doçura
Entre olhares…De ternura
Momentos inesquecíveis…Palpáveis
Vivos!...Reais
Há dias assim…
Fisicamente!...Estou aqui
Mas a alma…A mente
Fugiu de mim
Foi embora…Voou para ti

Há dias assim…

*Conceição Carraça*

21 de julho de 2016

Sim... esperar-te-ei.




Sim... esperar-te-ei.

Esperar-te-ei até
meus últimos limites
...esperarei até quando não sei.
Que passe a tempestade no teu coração.
Quando cansares talvez
deste vasto mar de solidão.
Ou percebas que o céu está
em meus braços e que meu cheiro
guardo para ti como se guarda
todas rosas do mundo
em vasos.
Sim te esperarei...

Alegre ou triste de
mau humor ou bem humorada.
Com a emoção de todos os versos
com harmonia do calor te todas poesias...
Esperar-te-ei, o tempo que for.
E te mostrarei.... Que a luz infinita
de todas as estrelas guardo-as nos olhos
para oferece-te com paixão...
E no gosto das frutas que guardo
nos lábios na mais pura
sedução.

Sim te esperarei e mostrarei

Que este amor tem
o tamanho do universo.
O esplendor das flores, jardins,
pântanos e brejos.
O nome de todos os perfumes
que a natureza concebeu.
Tua única fortaleza ou lugar
protegido se chama “EU”
Bem sabes tu que no meu peito tem é
uma pedra de quartzo azul.

Marisa Torres
© Direitos reservados.

17 de julho de 2016

UMA LÍMPIDA LÁGRIMA TUA... *****




UMA LÍMPIDA LÁGRIMA TUA...

Enlouqueci... Se tantas vezes te disse
Que só existo porque te amo...
Falo a verdade mentindo
E tu por crer tão pouco
Deixa-te voar com asas hipotéticas...

Se eu apenas existisse por amar-te
E tu... Seria a verdade mentirosa do teu amor por mim!
Existo pra ti como a brisa que passa... Leve... Fria...
Mas... Saberás sim, um dia,
O tanto que te amei sem nem ao menos ver-te...
.
Mas não me esqueças...Não deixe o tempo perder-me...
... Fita meus olhos...
Neles habitam pássaros... Que voam ao entardecer...
E brilham quais estrelas no céu para acender as noites...
Cativo da lua... Como se fossem uma límpida lágrima tua!

celina vasques

14 de julho de 2016

Se um dia…



Se um dia…

Se um dia ao acordares,
não sentires desejo,
de me abraçar,
é porque o amor que sentias, 
chegou ao fim…
não me poupes, nem me detenhas
dá-me asas p’ra voar,
prefiro sofrer e chorar,
do que ter ao meu lado, 
quem tenha pena de mim…

se um dia ao me olhares,
não sentires o coração vibrar
e vires no meu rosto,
alguém que não sou eu,
é porque o encantamento morreu
e deixaste de me amar…

se um dia, a minha ausência,
for refrigero ao teu coração
e a minha imagem se desvanecer,
não deixes o carinho e amizade morrer
e dar lugar à compaixão…

olha bem fundo os meus olhos
e naquilo que sobrou,
rega com respeito a ternura,
perfuma com a verdade a amargura
a quem tanto te amou…
*Teresa Costa*

9 de julho de 2016

UMA HISTÓRIA PERDIDA NO TEMPO



UMA HISTÓRIA PERDIDA NO TEMPO
.
Um sonho preso a mim...
Infiltrei você nele,
Porque queria que fosse aquele amor.
Por ser eterno e único
Foi um engano!
Perdoa-me por trazer você nele
Perdoa-me por cobrar-te!
Mas o que vivi este vive em mim.
Jamais poderia entender a dimensão desse sentir.
Somente quem sentiu,
Pode entender
A força de um olhar de amor
A força do querer a dois 
O toque ausente, 
Sentido colado no meu ser.
A magia de um beijo, 
Que na calada da noite
Não teve fim...
Ainda o sinto aqui.
Trago em mim uma alma desencontrada,
Viajando nos tempos,
Nas historias...
Pedindo ao vento não varrer
o que gravou nossa alma
Que vai ser as paginas 
do momento que vivemos.
Não é a vida que passa, 
Somos nós que passamos por ela,
Atraídos por um fim desconhecido.
Escrevo esse amor de vidas vividas,
A esperança renasce nessa alma,
Nessa pele que espera ser 
Tocada por ti nessa vida!
Onde você esta?
Homem de todas minhas vidas!
.
Adriana Leal

25 de junho de 2016

PRIVILÉGIO...



PRIVILÉGIO...

Parece um sonho!
Mas estive em teus braços
provei dos teus lábios
e te falei palavras de amor

Ainda ontem
estivemos juntos
passeamos descalços
na relva fresca e
de mãos dadas
demos risadas
rolamos na areia,
arrulhamos como
passarinhos
e nos amamos
como dois selvagens!

O meu amar como
canções infindas é
cantado em teus ouvidos
e nas poesias...

Ah! Quisera ter o
privilégio
de poder voltar
a te amar
te colocar no colo
tocar no teu corpo macio
e com ternura
te falar de amor

Desta emoção mais linda
tão minha
que se perde nas
minhas lágrimas de dor!

celina vasques

14 de junho de 2016

CONTIGO EU CHEGO A MIM



CONTIGO EU CHEGO A MIM 

Quero contigo chegar a mim,
principiar o que não sou,
extinguir o que cansei de ser
e em ti conhecer-me.
Desvendar mistérios meus,
descobrir e revelar mais e
mais os teus, e sem acenos
de adeus, eu quero que
permaneças em mim.
Quero que mores em minhas
entranhas, sem lágrimas, sem
dores, sem segredos, sem
pudores...
Faça-me conhecer o mundo,
sem que eu me afaste de ti.
Bebas em mim a água mais
límpida dos rios menos tranqüilos
dos sonhos que eu teci.
Traga-me de volta o sorriso
de criança, minha mais doce
herança da vida que não vivi.
“Ah como pões dentro de mim,
a flor, a estrela, o vento, o sol,
a água, o sonho!...”
Ah, eu sei sim!
“Como contigo eu chego a mim!”

*Cacau Loureiro *

11 de junho de 2016

“Não Deixes Que Eu Me perca”



“Não Deixes Que Eu Me perca”
...
Não Deixes que eu me perca
vagando…
Nas entrelinhas da poesia.
Sejamos essência calmaria
Porque a superfície se esvai
com o tempo .
...
Guarde os versos que te escrevi
chorando.
Nos instantes plenos deste amor
Na doçura irremediável da paixão 
Que consomem em chamas…
E somente a ti.
concedo este amor demasiado..
Que de tanto querer-te … 
( Enlouqueci ) …
De tanto chorar. … Sofri
De tanto amar-te … Sorri 
… (poetizando-te ) ..
Em forma de saudade
...
Com paixão lírica no olhar
Eternizando
Pequenas e grandes momentos
com extrema intensidade.
Florescendo o sentimento
Nos canteiros fragmentados das ilusões
… Longe ou perto…
Meu sentir por ti vive em constante
evolução.
┈━═☆ Poetisa Sandra Pires ☆═┈